Movimento entrega carta solicitando ao Prefeito o cumprimento das promessas feitas em reunião e o retorno do zoneamento da Ponta do Coral para Área Verde de Lazer

16 set

documentocobrandodevolutivasdareuniaodeabril_p1-page-001

No dia 28 de Agosto de 2015, o Movimento Ponta do Coral 100% Pública esteve na Prefeitura, cobrando do Prefeito o que foi prometido na reunião do dia 15 de abril de 2015.

Na reunião, em abril, o prefeito nos prometeu cinco pontos:
1 – Encaminhar a limpeza da área, via SMDU.
2 – Analisar os documentos que comprovam ilegalidade da venda do terreno.
3 – Não emitir alvará algum, enquanto houver recomendações contrárias por parte dos Ministérios Públicos Estadual e Federal.
4 – Solicitar à SPU a cessão de uso da área de marinha das 3 Pontas.
5 – Participar de uma saída de campo para avaliar a criação de um parque urbano nas outras duas pontas e na área de marinha.

Cinco meses após a primeira reunião, não tivemos retorno acerca dos pontos prometidos. Sequer a Ata nos foi encaminhada, apesar de inúmeros telefonemas nossos.

Apesar da notificação que a prefeitura fez contra a Hantei solicitando a limpeza da área, até o momento, isto não aconteceu – nem por parte da Hantei, nem pela prefeitura. Se não fosse a nossa disposição voluntária de realizar a limpeza através de mutirões (um dos quais foi impedido pela Polícia Militar), o local continuaria tomado por lixo e capim, cumprindo com o objetivo velado de afastar a população da área. Inclusive, nos últimos, dias ocorreram dois incêndios no local, facilitados pelo mato que se alastra na região.

Em nossa visita à Prefeitura também cobramos o retorno imediato do zoneamento da Ponta do Coral para Área Verde de Lazer (AVL), no Plano Diretor, e o encaminhamento do processo – dentro da legalidade – de criação do Parque Cultural das 3 Pontas, com ampla participação popular.

É fundamental que a área em questão seja alterada para AVL. Ao retornar o zoneamento da Ponta do Coral para AVL, impediria a construção de edifícios e diminuiria o valor do metro quadrado no local, avaliado segundo o zoneamento atual (Área Turística de Lazer – ATL). Vale lembrar que, quando da venda do terreno, o valor era bastante reduzido em função de seu zoneamento estar definido como Área Verde. Portanto, toda a valorização imobiliária não se deve a investimento algum feito pelos compradores, e, sim, pelo governo, com dinheiro público.

As nossas reinvidicações foram feitas por meio de uma carta, dirigida ao Prefeito. A carta protocolada pela Prefeitura pode ser lida aqui.

Já fazem 18 dias que protocolamos a carta e, mesmo assim, ainda não obtivemos nenhuma resposta da Prefeitura!

Entendemos que a nossa pressão se dará nas ruas. Por isso, estamos organizando uma manifestação para cobrar respostas do Prefeito.

Será na quarta-feira, dia 23/09/2015. A concentração começará às 17h, em frente à Catedral/Praça XV.

Também estamos fazendo uma Campanha por AVL e chamando toda a sociedade para participar.
Clique aqui e veja formas de participação.

Ponta do Coral: AVL Já!
Movimento Ponta do Coral 100% Pública

#VaiTerParque
#NãoVaiTerHotel
#PontaDoCoralParqueParaTodxs

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: